Investimentos e financiamento para energia renovável são tema de seminário em SP

Investimentos e financiamento para energia renovável são tema de seminário em SP

Evento promovido pelo WWF-Brasil acontece em 28 de setembro e terá representantes de instituições financeiras e de novos negócios Um dos maiores entraves ao crescimento do uso de fontes renováveis alternativas de energia é a dificuldade em obter recursos para viabilizar os projetos. Por isso, o terceiro seminário da série Diálogos Energéticos trará representantes do mercado financeiro (bancos, agências de investimento, consultorias) e de novos negócios discutindo desafios e oportunidades da geração sustentável de energia como uma alternativa em meio à crise energética. O encontro “Investimento de Impacto em Energia: financiamento e viabilidade financeira” acontece no dia 28 de setembro, às 14h, no SP Center, em São Paulo. O seminário terá abertura do secretário-geral do WWF-Brasil, Carlos Nomoto, e do diretor de relações institucionais da Febraban, Mário Sérgio Vasconcelos. Além disso, contará com as participações especiais de Kim Machlup, sócia da MOV Investimentos, e de Pedro Gamio, ex-viceministro de Energia do Peru – que trarão a perspectiva sobre impacto socioambiental e econômico dos investimentos, que podem ser positivos tanto no ambiente de mercado quanto de governo – e de Arnaldo Vieira de Carvalho, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que vem dos Estados Unidos para falar sobre investimentos em renováveis na América Latina. Em seguida, acontecerá o debate nacional, dividido em dois momentos. Na primeira mesa, será apresentado e debatido como vem se dando no Brasil o financiamento de negócios sustentáveis em Energia. Para isso, participarão representantes da consultoria Clean Energy Latin America (CELA), da Empresa Brasileira de Energia Solar (EBES) e da Nova Investimentos. Na segunda parte do debate, o financiamento para eficiência energética e para o consumo...
Casa de apenas 50 m² ganhou ares de loft

Casa de apenas 50 m² ganhou ares de loft

Entregue com materiais simples, a casa de 50m² no Jardim Aeroporto trazia o diferencial na estrutura que mudaria todo contexto do imóvel. O pé direito alto possibilitou na reforma a instalação de um mezanino, dando a cara de loft à residência de um publicitário. O projeto da arquiteta Letícia Rocha está relacionado aos detalhes. Como a casa era simples, ela abusou de nichos com granito, pastilhas nos banheiros, trocou de maçaneta, porta e incrementou o imóvel com muita iluminação. Em busca da primeira casa própria, o cliente, de cara, imaginou o conceito loft ao entrar ali. O principal desejo era pelo mezanino e que a residência, como um todo, ficasse aconchegante e intimista. “Ele é publicitário, então é muito antenado e criativo, o espaço foi pensado ajustando os desejos dele à personalidade criativa e alegre”, descreve Letícia. O mezanino foi feito em estrutura metálica, mas só depois de analisada a estrutura já existente na casa. “Utilizamos esse material no reforço estrutural, no mezanino e na escada que foi realizada em chapa de aço dobrada”, explica Letícia. Os degraus que levam até a parte de cima são de um amarelo vivo, fazendo mais uma graça na casa. O mezanino virou escritório do publicitário e comporta ele e mais um assistente. No piso, a arquiteta usou placas de compensado Naval que foram revestidas com com madeirado vinílico tipo click, ára que a madeira ficasse como acabamento na parte inferior e o vinílico no superior. A reforma custou em média R$ 40 mil, sendo quase R$ 9 mil apenas com o mezanino. Por gostar muito de cozinhar e receber amigos, o projeto...